14 julho 2010

A nota de um dólar dos Estados Unidos e as teorias da conspiração (I)


A propósito do simbolismo presente na nota de um dólar americano, e particularmente do "olho que tudo vê", o nosso amigo Diogo comentou:

O facto de George Washington ter sido Grão-Mestre da Grande Loja do seu Estado não lhe dá o direito de colocar um símbolo da Loja na nota. O símbolo era uma imagem de uma sociedade a que ele pertencia (ainda por cima secreta). Parece-me uma impertinência

E, mais adiante:

A Maçonaria Americana pode ter sido ou ser CRENTE. Mas isso não lhe dá o direito de impor os seus símbolos a uma esmagadora maioria que não é maçónica.

Quanto à afirmação de George Washington ter sido Grão-Mestre da Grande Loja do seu Estado (Virgínia), já tive oportunidade de a corrigir no texto Retomando o curso... Quanto à afirmação do Diogo que George Washington não tinha o direito de colocar um símbolo maçónico na nota... a resposta é: não colocou! Pela simples razão de que a nota de um dólar americano foi concebida e fabricada muitíssimo depois do tempo de vida de George Washington - que faleceu em 14 de dezembro de 1799!

A primeira nota de um dólar americano foi criada e fabricada no ano de 1862 (mais de sessenta anos depois da morte de Washington) e nem sequer tinha a configuração atual: apresentava a imagem de Salmon P. Chase, que foi Secretário de Estado do Tesouro na Administração de Abraham Lincoln.

A primeira efígie de George Washington só aparece na segunda nota de dólar, criada em 1869. Também esta versão era diferente da atualmente existente: a imagem de George Washington, ao centro, estava acompanhada, à esquerda, de uma imagem de Cristóvão Colombo avistando terra...

Em 1886, é criada a nota de um dólar "Silver Certificate", com a imagem de... Martha Washington, a mulher do primeiro Presidente norteamericano!

Em 1896, imprimiu-se a nota de dólar denominada de "série educacional", em cuja frente figuravam os retratos de George e Martha Washington, constando no verso uma imagem alegórica da História instruindo a Juventude.

Em 1899, a nota de dólar passou a apresentar as imagens de Abraham Lincoln e Ulysses S. Grant, sob uma imagem contendo o Capitólio, a águia careca (animal símbolo dos Estados Unidos) e uma bandeira americana.

Todas estas notas (e outras versões que foram emitidas, mas que aqui não refiro, por menos interessantes ou curiosas) apresentavam uma dimensão superior à nota de dólar atual.

A primeira nota de dólar com a dimensão da atual foi introduzida em 1929, com a efígie de George Washington.

Só em 1957 foi introduzida na nota de dólar a divisa IN GOD WE TRUST.

A introdução, no verso da nota de dólar da frente e verso do Grande Selo dos Estados Unidos (que tem a tal imagem com a pirâmide inacabada e o "olho que tudo vê" que alimenta as disparatadas teorias da conspiração que por aí circulam) só ocorreu em 1935, durante a Presidência de Franklin D. Roosevelt.

Portanto, nem George Washington, nem nenhum dos "Pais Fundadores" dos Estados Unidos tiveram nada a ver com a introdução dos símbolos que as teorias da conspiração acusam os maçons de subrepticiamente terem feito introduzir na nota de dólar...

As informações contidas neste texto, para além das obtidas nos locais para onde apontam os atalhos supra colocados, foram obtidas na entrada da Wikipedia em inglês United States - one dollar bill. Tão simples como isso! Desmontar as disparatadas teorias da conspiração requer apenas um pouco de informação, que nem sequer dá um grande trabalho a obter...

No próximo texto, tratarei dos símbolos incluídos no Grande Selo dos Estados Unidos (a tal pirâmide inacabada e o "olho que tudo vê"), sempre apontados como "provas" pelos inefáveis teóricos da conspiração.

Rui Bandeira

8 comentários:

Diogo disse...

O certo é que símbolos maçónicos fazem parte das notas americanas. A minha questão é: porquê?

Rui Bandeira disse...

@ Diogo:

Está a partir de um princípio errado - como tenciono demonstrar nesta série de textos - e a fezer a pergunta errada.

A pergunta que se deve fazer é: Porque é que existem pessoas que continuam a teimar em ver associações suspeitas em meras coincidências?

Uma pista, Diogo: um dos símbolos maçónicos é a Estrela de 5 pontas.
todos os anos, em dezembro, pelo Mundo fora, se re+resentam, montam e exibem presépios que, além de outros elementos, têm também uma estrela de cinco pontas.

Parafraseando a sua forma de pôr a questão:

"O certo é que símbolo maçónico faz parte do Presépio. Porquê?"

Percebeu agora a incongruência de associiar tudo a tudo, formulando em seguida uma "profunda" pergunta, insinuando suspeição?

Diogo disse...

Caro Rui,

Uma pirâmide com um olho no vértice superior é infinitamente menos vulgar do que um pentágono.

O que faz uma pirâmide com um olho no vértice superior nas notas de dólares?

Rui Bandeira disse...

@ Diogo:

Um pouco de paciência.
Os próximos textos respondem à sua pergunta.

Diogo disse...

Allright!

Alexandre Ughini disse...

Diogo:

A sua intuição está correta.
Aliás, devemos sempre confiar na nossa intuição.

Você deve ter percebido a irritação das pessoas quando
você levanta a questão da Nova Ordem Mundial.

"Teoria da Conspiração"nada mais é que um termo criado pelos próprios mentores da Nova Ordem Mundial com a finalidade de ridicularizar aqueles que porventura mencionassem verdades sobre tal Ordem.

Estou escrevendo um livro desvendando por completo todos os mistérios que cercam a Nova Ordem Mundial. O livro será editado em inglês.

Pode estar certo que a publicação do meu livro chegará ao seu conhecimento.

Parabéns por questionar o que se passa ao seu redor!

Um grande abraço!

leandro rios silva disse...

Essa gente da Nova Ordem Mundial é cristã ou pagã?
Os EUA e o Papado...Poder político/militar a serviço do poder religioso...trabalhando diabolicamente dia e noite para instituir uma Nova Ordem dos Seculares (Novus Ordo Seclorum). Os seculares são os governantes dos países e nações que se subordinarão ao Papa e seus representantes clericais... A Frase Novus Ordo Seclorum da nota de dólar em latim eclesiástico significaria Nova Ordem dos Séculos se estivesse escrito Seculorum. A frase ANNUIT COEPTIS vem de Iuppiter omnipotens, audacibus adnue cœptis = Ó onipotente Júpiter, favoreça meus ousados empreendimentos. É uma oração ao deus Júpiter... E Capitólio era o nome do templo de Júpiter que estava no monte do mesmo nome... Capitólio e Vaticano, este último dedicado ao deus Vaticanum dos Vaticinia, os oráculos ou adivinhos são dois montes das sete colinas de Roma... O atual Vatican em Roma e o atual Capitólio em Washington D.C. têm arquiteturas semelhantes, com colunas maçônicas e obeliscos... E depois dizem que a gente está imaginando coisas...

Alberto Muller disse...

"Essa gente da Nova Ordem Mundial"...
Duvidar da existência da NOM é de uma
estupidez que extrapola todos limites
imagináveis.
Já escrevi demais.
Argumentar com ignorantes é se igualar
a eles.
Como bem disse Einstein:
Concordo com as pessoas para que pare
de falar.